Você está aqui: Página Inicial / Extensão / Diagnóstico ambiental - sítio da Associação Arautos do Evangelho do Brasil

Diagnóstico ambiental - sítio da Associação Arautos do Evangelho do Brasil

 

Programa:
23112.001200/2013-41 – Programa de Extensão em Direito Ambiental
Nº. processo:
23112.000294/2019-26
Reoferta:
Não
Título da Atividade:
Diagnóstico ambiental - sítio da Associação Arautos do Evangelho do Brasil

 

Coordenador:
Celso Maran de Oliveira
Setor do coordenador:
DCAm - Departamento de Ciências Ambientais
Ingresso na universidade:
06/02/2013
Cargo:
Professor Ensino Superior
Titulação do coordenador:
Doutorado

 

Setor responsável:
DCAm - Departamento de Ciências Ambientais
Abrangência na UFSCar:
Intradepartamental
Inicio da atividade:
01/02/2019
Término da atividade:
30/08/2019
Outros setores envolvidos:
Linha programática:
Gestão de Recursos Naturais

"Desenvolvimento integrado tendo como base práticas sustentáveis."
Grande Área: (Classificação CNPQ)
Multidisciplinar
Área Temática principal:
Meio Ambiente
Área Temática secundária:
Meio Ambiente
Tipo de atividade:
Consultoria / Assessoria
Subtipo de atividade:
Consultoria/Assessoria
Resumo:
A atividade de extensão refere-se ao diagnóstico ambiental na propriedade rural dos Arautos do Evangelho, situado à Rodovia Doutor Paulo Lauro, Km 144, Bairro Novo Horizonte, no município de São Carlos-SP. Na propriedade foi possível identificar, inicialmente, cursos d´água, nascentes, áreas verdes, fauna silvestre. O diagnóstico ambiental versará sobre três aspectos: flora, fauna e recursos hídricos, tendo por critério o cumprimento da legislação ambiental aplicável. Serão analisadas a Flora (Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal), os recursos hídricos (cursos d´água, lagoas e nascentes), e a fauna existente na propriedade, segundo preceitos de sustentabilidade ambiental. Para sua realização, será feito uso de imagens de satélite, imagens coletadas por drone e máquina fotográfica, Sistema de Informação Geográfica (SIG),análise de documentos da propriedade (matrícula e cartas), entrevistas com os moradores, visita "in loco", medições e análises, além do acesso à bibliografia especializada. Ao final, será apresentado um diagnóstico ambiental com possíveis recomendações.

Fonte: https://proexweb.ufscar.br/